Conheça as 6 tendências tecnológicas para o agronegócio em 2021

A transformação digital e o avanço das tecnologias influenciam diretamente todos os setores da economia e, obviamente, o setor agrícola não poderia ficar de fora desse cenário. Por meio dessa onda de inovações, a busca fervorosa por garantir máxima eficiência, sustentabilidade e praticidade nas atividades de campo, criou inúmeras possibilidades no agronegócio.

Hoje cada vez mais o agronegócio vem aderindo tecnologias para intensificar os resultados em campo, com a telemetria sendo um dos principais aliados do agricultor quando o assunto é gerenciamento e otimização da sua lavoura. Neste blog post você vai entender por que deve-se um sistema de telemetria em máquinas agrícolas.

Principais tendências tecnológica

1º Telemetria de Máquinas IoT

A telemetria consiste em realizar a coleta e a transmissão de dados à distância, permitindo que o agricultor acompanhe todo o trabalho que está sendo realizado no campo sem a necessidade de estar presente. Dessa forma, é possível fazer uma análise completa da lavoura e tomar decisões mais assertivas com base nos dados, aplicando ações para melhorar os resultados da sua produção.

 1. Gestão de máquinas e equipamentos agrícolas

 2. Mapeamento das condições climáticas

 3. Redução de custos

 4. Maior produtividade

2º Software de Gestão

O crescimento do agronegócio precisa passar pela organização da gestão de todas as operações inseridas no processo. Por isso, diversos softwares e aplicativos de gestão estão sendo disponibilizados no mercado para auxiliar o produtor, principalmente em relação aos custos de produção e tem se tornado indispensáveis para facilitar as tarefas do dia a dia e no gerenciamento do agronegócio.

O exemplo que apresenta o melhor custo benefício do mercado, a solução Trace Machine, utiliza a nuvem, dispositivos móveis, satélites e tecnologias de ponta para a coleta de dados muito avançadas e, dessa forma, contribuindo para a tomada de decisões cruciais de maneira mais assertiva, fácil e descomplicada.

3º Sensores

A implementação de sensores nas atividades do campo vem sendo adotada por diversos produtores rurais, pois seu uso permite obter diversas informações importantes sobre sua lavoura, o solo e outros elementos fundamentais. Além de potencializar e agilizar a coleta de dados, os sensores também realizam comandos automatizados, executando tarefas a distância, em tempo real.

O setor agrícola está cada vez mais inserido na transformação digital, através da tecnologia conhecida como Internet das Coisas (IoT) e Big Data, desenvolvida e planejada para gerar informações que irão auxiliar o produtor na tomada de decisão na lavoura, cada vez mais assertivas, e alcançar uma melhores resultados.

4º Drones

Os drones são uma tecnologia que não é muito recente, mas que vem sendo cada vez mais aprimorada e utilizada nas atividades do campo. Isso por desenvolver diversas funções, como captar imagens aéreas que possibilitam acompanhar o desenvolvimento e o crescimento da plantação e auxiliando na prevenção de pragas, doenças ou outros problemas no campo que estão fora do alcance visual.

Essas aeronaves são equipadas com câmeras especiais, que após as imagens serem processadas gera imagens que permite acompanhar o desenvolvimento da lavoura através da identificação de áreas com estresse hídrico, pragas ou doenças.

5º Marketplace

O marketplace funciona como uma espécie de loja virtual onde é feito o comércio desse tipo de produto/serviço, dando espaço para vendedores e compradores realizarem suas transações.

Tais espaços são instalados em aplicativos e sites, estes que oferecem diversas opções de onde e como comprar, elevando o nível de interação e aumentando a lucratividade.

6º Agricultura Vertical

Agricultura vertical é um tema que uni um conjunto espacial para produção em camadas verticais e que ocorre em locais incapacitados de suportar a estrutura convencional de agricultura. Principalmente avaliada em grandes centros urbanos, esse conceito tem sido classificado como uma tecnologia do futuro que irá alimentar as próximas gerações.

Obviamente exige técnicas mais avançadas, que se resume a uma agricultura de interior e tecnologia de controle ambiental, onde cada detalhe pode ser monitorado. Essas instalações utilizam, normalmente, controle artificial da luz, controle ambiental (umidade, temperatura, gases, etc.) e fertirrigação.

Para concluir esse blog post, devemos ter em mente que a aplicação dessas novas tecnologias na lavoura tem como objetivo a busca por uma maior produtividade, qualidade e lucratividade, além de criar práticas cada vez mais sustentáveis e que trabalham em harmonia com o meio ambiente.

A Trace Pack está andando lado a lado com essa transformação digital e estamos prontos para otimizar a sua produção com sustentabilidade!

Acesse nosso site e conheça nossas soluções:

tracepack.com.br
contato@tracepack.com.br
(+55) 43 991201148

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

EnglishPortugueseSpanish