IoT: eficiência na tomada de decisão

A conectividade é um dos principais desafios para setores como o florestal e o agro. Para a tomada de decisão em tempo real é importante que o campo esteja conectado e, nesse sentido, a troca de informações deve ser rápida e eficiente.

Por isso, soluções como IoT (Internet das coisas), 5G, entre outros têm o intuito de melhorar tal situação. No caso da tecnologia IoT, a melhora da produtividade, a eficiência produtiva com a diminuição de perdas, economia de combustível são importantes no cotidiano de quem produz e de quem opera o maquinário.

No caso da Trace Pack, que transforma dados de maquinários agrícolas e florestais em decisões estratégicas, a IoT pode melhorar ainda mais a qualidade da comunicação, além de facilitar e agilizar a disponibilidade dos dados.

O sistema da startup que captura, transmite e, além disso, gera insights com dados florestais, de grãos, entre outros, em tempo real, entende o quanto IoT pode ser peça-chave na produtividade.

Sistema TRACE PACK MACHINE – FOTO: Acervo

Para entender o que é IoT, como funciona e quais os benefícios que a tecnologia pode trazer para a tomada de decisão em tempo real, conversamos com Ana Paula Allian, Doutora em Ciências de Computação e Matemática Computacional pela Universidade de São Paulo (USP)  e que atua em Gerenciamento e arquitetura de projetos de ti com foco em  IoT.

O que é IoT

Internet of things (Internet das coisas) é uma rede de dispositivos inteligentes que possuem sensores, softwares e outros tipos de tecnologias incorporados com a finalidade de trocar dados com outros dispositivos/sistemas por meio da internet.

IoT e eficiência

A IoT é considerada uma transformação porque possibilita a interação de máquinas com máquinas sem interação ou com o mínimo de intervenção humana e a possibilidade de análise de dados em tempo real e para que seja eficiente, é necessário alguns pontos, entre eles:  

  • Conectividade dos dispositivos/sistemas; 
  • Disponibilidade dos dispositivos/sistemas;
  • Análise dos dados em tempo real;
  • Gerenciamento dos dispositivos para garantir que estejam seguros, possam se comunicar com outros dispositivos/sistemas;
  • Sistemas inteligentes que possam receber os dados dos sensores e tomar decisões de acordo com as informações recebidas.

Diferenças entre IoT e 5G

A diferença entre 5G e IoT é que o primeiro é um novo sistema de comunicação, mais rápido, e que permite que um grande número de dispositivos se comuniquem com pouca ou sem nenhuma interação humana. 

A IoT descreve um ecossistema de dispositivos físicos que possuem sensores e outras tecnologias que podem trocar informações por meio de diferentes sistemas de comunicação (5G/4G/3G/Bluetooth/wireless, etc).  Já o 5G possibilita que IoT se expanda ainda mais, já que possibilita maior conectividade entre os dispositivos/sistemas.

IoT no Brasil e desafios

O Brasil tem condições de fazer uso da IoT. O governo federal tem planos de  implementar e desenvolver IoT e, nesse mesmo caminho, muitas empresas de porte internacional e nacional vem fazendo uso de dispositivos IoT para monitorar transporte e fornecer informações de localização em tempo real, por exemplo. Além disso, indústrias utilizam IoT para controle de sua linha de produção tornando-a mais inteligente e eficiente. 

Para a economia, os benefícios da IoT consistem em: 

  • Otimização de tempo;
  • Prevenção de falhas; 
  • Otimização em processos de linha de produção para indústria;
  • Novas oportunidades de negócio.

Quer ficar por dentro das novidades e conteúdos da Trace Pack? Assine nossa newsletter: https://tracepack.com.br/

Redação e Conteúdo: César H.S Rezende

Arte: Luana Jardim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

EnglishPortugueseSpanish